Por Ney Felipe

No último domingo (04), aconteceu o CarnaFunk. A reunião do bloco estava prevista para acontecer na rua Henrique Badaró Portugal, mas acabou transferida para a av. Costa do Marfim, no Conjunto Estrela Dalva, por pressão dos moradores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ainda assim, foram apontadas inúmeras ocorrências durante o evento, que repercutiram nas redes sociais. Um dos posts já alcançou cerca de 100 curtidas e diversos comentários com fatos presenciados pelos moradores.

A Associação de Moradores, por meio de seu site abriu um abaixo assinado solicitando o cancelamento da segunda etapa do evento, marcada para o final de semana. Mais de 400 pessoas já assinaram a petição online.

“Não só porque a rua é pública que você pode fazer o que quiser nela. O seu direito termina, onde começa o do próximo. Muita gente teve o seu direito de ir e vir prejudicado pelo bloco, existem outros lugares apropriados para este tipo de evento. O problema é que falta bom senso.” Publicou um morador.

Outro morador da região, descreve o acontecimento como uma cena de horror. O mesmo relata que seu prédio foi invadido por pessoas que participavam do evento, tudo isso após derrubarem a cerca.

“Foi uma cena de horror. Invadiram meu prédio e ficamos sem qualquer segurança e derrubaram a cerca do prédio ao lado também. Foram horas de extremo pavor. Peço providências e que cancelem o evento que já está marcado para o dia 11. Moramos em um bairro residencial e eles fecham as ruas dificultando o nosso acesso.” Contou outro morador por meio das redes sociais.

Morador conta dificuldades que enfrentou durante o bloco(Imagens de Facebook)

A Policia Militar (PMMG), por meio de sua assessoria, informou que não havia nenhuma ocorrência referente ao evento no sistema.