Por Francyne Perácio e Ney Felipe

Os Street Malls, ou shoppings de bairro, como são conhecidos, estão crescendo em Belo Horizonte. Segundo a AloShopping BH, Associação dos Lojistas de Shopping Center da capital, existem hoje, na cidade, aproximadamente 36 unidades.

Tais estabelecimentos apesar de muito procurados pelo público, apresenta um fator negativo relevante. Os altos custos assemelham-se aos shoppings centers.

“Por causa das altas taxas, aumentou em 30% o número de lojas vagas dentro dos street malls. Os comerciantes querem investir neles, mas é caro manter uma loja lá dentro, então, muitas vezes preferem abrir na rua”, afirma o presidente da AloShopping, Alexandre Dolabella França.

Reprodução da Internet

Reprodução da Internet

 

No Buritis é possível identificar a realidade descrita pela Associação. Os principais shoppings do bairro estão com algumas lojas vagas.

O Via Werneck, por exemplo, possui 51 espaços para locação, entre eles 4 estão vazios. Espaço Buritis é o que possui mais vagas disponíveis. Existem 26 lojas no local e 10 estão desocupadas.

Apenas no Vila Buritis, uma ilha está vazia, as outras 62 lojas estão alugadas, a maioria destinada a vestuário feminino e serviços de estética e beleza.

Ouça no link abaixo a entrevista com o economista da Fecomércio, Guilherme Almeida, sobre os Street Malls

Dados e Pesquisas

De acordo com pesquisa realizada pela Fecomércio MG, em março deste ano, mais de 75% dos consumidores de Belo Horizonte compram nas lojas de bairro e vizinhança. Os shoppings centers correspondem a 57,4% dos casos, e os estabelecimentos do hipercentro, 54,4%.

Um dos motivos dessa preferência do público é o preço das mercadorias e a localização dos comércios. Entre os setores de vendas mais procurados, 25% são representados pela alimentação e serviços.

Além disso, cerca de 33% mulheres e 25,1% dos homens tem o costume de comprar em Street Malls. Em geral quanto mais alta a faixa etária, maior é o consumo nesses locais. Entre os consumidores 33,7% possuem entre 45 e 59 anos e 54%, 60 anos ou mais.

Grupos que compram nas lojas de bairro. Pesquisa realizada pela Fecomércio 2017

Grupos que compram nas lojas de bairro. Fonte: Pesquisa realizada pela Fecomércio 2017

Idade e tipo de público que compram em shoppings de bairro. Fonte: Pesquisa realizada pela Fecomércio 2017

Pesquisa realizada pela Fecomércio 2017

Fatores que influenciam a escolha dos consumidores pelos street malls. Fonte: Pesquisa realizada pela Fecomércio 2017

GOSTOU DA INFORMAÇÃO? NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR As NOSSAs FANPAGEs E FICAR ATUALIZADO SOBRE AS NOTÍCIAS DO BAIRRO BURITIS.

JORNAL DAQUI BH NO FACEBOOK

WEBRÁDIO COMUNICATIVA