Por Ney Felipe

As praças, quando bem cuidadas, sempre foram um ambiente familiar. Foi pensando assim que os moradores da rua Marco Aurélio de Miranda, no bairro Buritis, tiveram a iniciativa de criar um projeto que visa trazer a beleza e as flores de volta à praça Haroldo Tenuta.

O morador Álvaro Henrique, um dos idealizadores desse movimento, conta que a ideia surgiu de uma conversa com a moradora que até então cuidava da praça. Dona Marli, como é conhecida, sempre procurou cuidar da praça fazendo o plantio de mudas e cuidando para que crescessem e florescessem.

Segundo Álvaro, ” Dona Marli tem uma história tão bonita na comunidade e principalmente aqui na nossa rua. Ela sempre cuidou desta praça, mas com a idade avançada deixa essa atitude mais difícil.”

Álvaro Henrique um dos idealizadores do projeto (Arquivo Pessoal)

 

 

Diante disso, os moradores vizinhos à praça decidiram se reunir para recuperar o local, como explica Álvaro, sendo cada morador um representante do seu prédio.

 

 

 

 

 

Ouça um pouco da história do projeto:

 

Com o avanço do projeto, os moradores já conseguiram junto da Regional Oeste algumas melhorias. A associação do bairro Buritis(ABB) disponibilizou uma equipe responsável pelo projeto adote o verde para fazer estas melhorias. Os brinquedos foram reformados e areia foi colocada na base, evitando que as crianças se machuquem ao brincar, a pintura também já está refeita e parceiros dos projetos disponibilizaram tintas para que o totem fosse reformado. Outras praças da região também receberam manutenções devido ao projeto Adote o verde. 

Uma reunião com representantes da regional Oeste e a gerência dos parques de Belo Horizonte, ficou acordado que a prefeitura de Belo horizonte (PBH) também contribuirá com mudas, fazendo o replantio de estrelitzia e pingo-de-mel, além de ceder a terra vegetal e adubo. 

Reunião para tratar a revitalização da praça Haroldo Tenuta (Foto: Alvaro Henrique)

O evento acontecerá nos dias 15 e 22 deste mês, às 9h, na praça Haroldo Tenuta e qualquer morador pode contribuir com uma muda para o projeto. Aos presentes no evento lanches serão distribuídos, além de pipoca e algodão doce.